terça-feira, 6 de outubro de 2009

De Patricia para Duarte


Duarte. já são dois anos contigo. Parece imenso mas não o é. Antigamente, simplesmente não nos dávamos. Éramos presenças singulares, sem qualquer tipo de ligação.

Mas, num dia muito recente, as coisas alteraram-se. Do simples Duarte passaste a ser O duarte. Talvez mais do que a Joana e a Catarina, tu ligaste-te mesmo a mim. És aquele abrigo que eu encontrei do nada, que me segura, que me ouve com toda a atenção do mundo. E digo-te já: isso pra mim significa muito.
Nunca me enganei a teu respeito. Nota-se à distância que és uma pessoa impecável, com uma energia inimitável. Mas só quem te conhece a fundo é que se apercebe do quão divertido e espontâneo és.
Por tudo duarte, adoro-te!

1 comentário:

pimpinha disse...

texto pequeniiiino mas cheio de sentimento.
somos os melhores (a)