sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Futuro


Eu sempre acreditei no futuro em aberto, e somos nós que o construímos tanto para o mal como para o bem, como para a felicidade como para a tristeza ou como para o amor ou a solidão, e as vezes as coisas estão mais perto do que pensamos e nem nos apercebemos! O futuro é um livro mas com as páginas em branco e somos nós que o preenchemos.

1 comentário:

pimpinha disse...

tens toda a razão duarte.
portanto já sabes: quando eu ficar loira, ficamos juntos ahah